Lagoa Orgânicos
Apoio
Boletim

Boletim 134 Novembro 2014

 
22/11/2014

Roça Nova

Definitivamente a vida na roça é muito mais animada do que supõe a vã filosofia da vida urbana. Talvez influenciados pelos programas televisivos, talvez influenciados pela proximidade cada vez maior entre o campo e a cidade, o fato é que a dinâmica social rural em muito se aproxima do que costumamos ver no nosso cotidiano. Desde os espertalhões que procuram tirar proveito de todas as situações até os bobalhões que são as vítimas prediletas dos primeiros, tudo é muito parecido. Alguns personagens são emblemáticos e seus perfis repetem-se de forma surpreendente, mudando apenas o nome do ator que desempenha o papel.

Há algum tempo atrás descobrimos o nosso primeiro personagem, o Zé Broco. O nome faz referência ao brócolis que é uma lavoura relativamente fácil, rápida e rentável. Um Zé Broco trabalha conosco em média seis meses. Considerando que o ciclo do brócolis é de três meses, ele planta, colhe, planta de novo, colhe de novo e na hora que ele deveria tratar o solo do desgaste provocado por essa lavoura ele parte pra outra. Isso sem falar que é uma lavoura muito pouco trabalhosa.

Com o tempo a gama e a riqueza de personagens foi aumentando e ganhando complexidade

Ótima semana!

Paula & Alcimar

/uploads/arquivo/Boletins/134_Boletim15_22novembro2014.pdf

 
 
Voltar
 
FW2