Lagoa Orgânicos
Apoio
Artigos

Boletim 136- Dezembro 2014

 
08/12/2014

Feliz 2015!

 

Encerra-se mais um ano. Já a essa altura dos acontecimentos podemos dizer que o ano de 2014 terminou embora 2015 não se tenha acabado. Vivemos o que podemos chamar de penumbra do calendário, pois já começamos a nos organizar para o ano que chega embora ainda tenhamos a fazer no ano que está por terminar.

Como dissemos no edital anterior, este ano não foi para amadores. Vivemos todas as crises que se podia viver em um século concentradas em um curto período. Desde o ano mais quente da história da humanidade até uma crise hídrica sem precedentes, desde a frustração de uma Copa do Mundo com uma derrota acachapante até a grande festa da democracia que deixou o país dividido, desde a projeção da retomada do crescimento econômico à piora de alguns índices, desde a crença que tudo iria por água abaixo até o avanço de algumas políticas sociais, enfim, foi um ano em que se foi do céu ao inferno em apenas alguns dias, todos os dias.

Mas agora é chegado o momento de renovarmos todas as esperanças, de crermos que “tudo vai dar pé”, como escreveu Gilberto Gil em sua versão para a música “Não chores mais”. Haveria tanto a pedir, mas certamente muito mais teremos a agradecer. Por que não sonhar com uma sociedade mais justa e respeitosa onde as mesmas pessoas que pleiteiam seus direitos não se esqueçam também dos seus deveres. Uma sociedade e particularmente um país onde os valores afetivos sejam mais buscados que os valores monetários, onde sejamos bons filhos, bons pais e mães, bons companheiros e companheiras, bons cidadãos. Afeto é a palavra de ordem. Jamais será um grito de guerra, mas não custa sonharmos com um mundo onde se resgate a delicadeza perdida, ainda que tenhamos que lutar muito por isso, pois não inventaram ainda grandes conquistas sem grandes esforços.

Desejamos a todos os nossos amigos clientes, fornecedores, prestadores de serviços e principalmente a família que se tornou nosso grupo de colaboradores que cheguemos ao fim do próximo ciclo mais uma vez com a agradável sensação do dever cumprido. Dentre os muitos ganhos e perdas que tivemos ao longo de 2014 podemos dizer que nosso saldo foi altamente credor. Sobrevivemos a todos os solavancos e chegamos às portas de 2015 cheios de planos e sonhos a serem concretizados.

Obrigado por tudo!

 

Paula & Alcimar

/uploads/arquivo/Boletins/136_Boletim8dez_12dez2014.pdf

 
 
Voltar
 
FW2